Notícias

Trabalho intermitente cresce no Brasil

Trabalho intermitente cresce no Brasil

15/09/2020
Fonte: Assessoria de Imprensa do Sintercamp

Enquanto o Brasil fecha vagas de trabalho formais, o número de postos de trabalho na modalidade intermitente aumenta a cada dia.

Segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia), até o mês de julho, enquanto 1,09 milhão de vagas foram fechadas por causa da pandemia de Covid, foram criados 27.487 pontos de trabalho intermitente.

O trabalho intermitente surgiu em novembro de 2017, quando entrou em vigor a Reforma Trabalhista que veio para retirar direitos da classe trabalhadora.

O contrato de trabalho nesta modalidade pressupõe a prestação de serviços em períodos alternados, não contínuo e o trabalhador recebe de acordo como período trabalhado. Infelizmente algumas empresas, entre elas do nosso segmento de Refeições Coletivas e Refeições Escolares, têm utilizado o contrato de trabalho intermitente de forma irregular e equivocada.

Entre os poucos direitos trabalhistas garantidos nesta modalidade, estão as férias, 13º proporcional e o depósito do FGTS.

Em caso de dúvidas sobre o trabalho intermitente e seus direitos, entre em contato com o Sindicato.

 

Texto: Michelle Masotti/ Sintercamp

 

Comentários

+ enviar comentário
Imagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregada