Palavra do Presidente
Paulo Ritz

Paulo Ritz
WhatsAppEmail

Como ficariam nossos trabalhadores sem o Sindicato?

Atualmente muito se tem falado sobre os direitos dos trabalhadores e o papel dos Sindicatos diante da situação atual.  

Nosso país hoje tem uma legislação trabalhista que garante o mínimo de condições de trabalho, conhecida por todos como CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Esta lei acabou de sofrer importantes alterações com a entrada em vigor da Reforma Trabalhista (Lei 13.467 de 13/11/2017) que veio para retirar direitos dos nossos trabalhadores e, paralelamente, enfraquecer a estrutura sindical com o objetivo de enfraquecer as ações sindicais e, com isso, retirar direitos sem nenhuma resistência.

A estratégia dos empresários é simples: Jogar os trabalhadores contra o Sindicato para diminuir a força das entidades ao diminuir suas receitas e, consequentemente, limitar a capacidade de desenvolver ações voltadas ao combate da exploração da mão de obra. O maior sonho das empresas é que não exista mais sindicato. Por que será?   Junto com a Reforma Trabalhista veio também o fim da tão falada “Contribuição Sindical” e quero deixar registrado que também sou a favor de sua extinção. Na minha opinião os Sindicatos têm que atuar de forma a estimular a Sindicalização do seu trabalhador mostrando a ele a seriedade da sua atuação e o compromisso que tem em buscar melhorar a qualidade de vida de cada um.  

Como todos sabem os Trabalhadores em Refeições têm direitos específicos garantidos na Convenção Coletiva de Trabalho e nos Acordos Coletivos. São direitos que não estão previstos na CLT, mas que entendemos como importantes para o nosso trabalhador. Entre eles estão o convênio médico, a cesta básica, pisos maiores que o salário mínimo vigente, percentuais de indenização além do estabelecido na CLT (adicional noturno e horas extras de compensação), entre outras garantias que ao longo dos anos fomos acumulando. Tudo isso conseguido com o envolvimento do Sindicato e o apoio do trabalhador.  E que agora, de uma hora para outra, nossos legisladores, patrocinados por empresários, querem simplesmente retirar.  

Cabe ressaltar que os associados do Sindicato têm ainda outros benefícios exclusivos, como convênio odontológico, seguro de vida familiar, atendimento psicológico gratuito, uma ampla rede de lazer, descontos em diversos estabelecimentos etc.  

Portanto associando-se, o trabalhador fortalece a luta do Sindicato contra a retirada de direitos e a busca por mais conquistas para a Categoria, além de ter acesso a benefícios que melhoram a sua vida e a de seus dependentes.  

É momento de demonstrar a nossa força. Nossos interesses são os mesmos, estamos do mesmo lado e juntos somos mais fortes.  

Um grande abraço e venha fazer parte do seu Sindicato. Fique sócio!!

Comentários

+ enviar comentário
Imagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregadaImagem pré-carregada